Review: Elite – 1a temporada, Netflix

elite1

Eu já havia falado no Instagram da @leitoradinamica sobre a nova produção espanhola da Netflix: Elite. Vejam aqui o post: https://www.instagram.com/p/BohV0X1Bve-/

Elite é a segunda produção espanhola original da plataforma depois do sucesso de La Casa de Papel, e conta a história de Três jovens de origem humilde passam a frequentar a mais exclusiva instituição da Espanha, o Colégio Las Encinas.
Mas as diferenças sociais entre os dois mundos ficam evidentes, e os antigos alunos fazem o possível para tornar a vida dos novos estudantes mais difícil.
Então quando um assassinato acontece durante uma festa, e todos se tornam suspeitos, o clima de tensão se agrava e traz à tona o pior lado dos jovens.

Assisti aos 8 episódios da primeira temporada em pouquíssimos dias, e me espantou logo de cara o fato da classificação etária ser 18 anos. Porém logo que começou o primeiro episódio, e as cenas para lá de “calientes” eu entendi o motivo. Elite é algo entre Gossip Girl (Lucrecia é quase uma réplica de Blair Waldorf), Riverdale e Pretty Little Liars, só que mais picante e com uma super camada de crítica social – envolvendo inclusive questões de adaptação de uma família muçulmana aos costumes ocidentais e dificuldades dos jovens com as suas sexualidades.

Pelo que li de algumas críticas as opiniões estão dividas; eu sinceramente gostei bastante da produção, das atuações e do enredo – principalmente seu final super inesperado – e espero que seja renovado para uma 2a temporada, até porque existem plots a serem explorados. Pode parecer uma série “bobinha e teen”, mas de juvenil, só o ambiente mesmo.

Ps. O sucesso da série lá fora foi tanto que a marca de vestuário Pull&Bear lançou alguns itens inspirados na temática da série.

Se você ainda não tem uma opção nova para maratonar, eu indico! Vejam o trailer abaixo:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *